https://www.christianmoreira.com.br/
O menino dos Sonhos

COMO FAZER RENDA EXTRA EM 2020

quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

Todo recém universitário ao sair daquela rotina de ensino médio fica se perguntando: e agora? O que eu posso fazer para conseguir meu próprio dinheiro? A resposta nem sempre é rápida, principalmente porque moramos num país que não oferece uma educação financeira obrigatória em nossa base curricular. Desde criança somos bombardeados com comerciais que só nos levam a querer consumir ainda mais. Como estamos no mês de dezembro, um dos meses mais consumistas do ano eu tive uma ideia diferente: que tal você substituir a vontade de comprar pela vontade de juntar sua própria grana extra? Por isso, eu decidi listar cinco maneiras de você conseguir juntar uma boa renda a partir de agora. A dica serve para estudantes, universitários, para todos que que estejam dispostos a levantar a bunda do sofá e partir pra ação. Que tal começar 2020 com um pouco mais de conforto?

1º QUE TAL DESAPEGAR?

A primeira dica não poderia ser diferente. Eu aposto que você tem algo que está parado há bastante tempo lá no fundo do armário da sua casa. Pode ser uma roupa guardada há anos, pode ser um objeto que você já nem usa mais. Por que deixar guardado se você pode conseguir uma boa grana em troca desse produto? Eu sou uma pessoa que costuma criar muito apego a itens, no entanto, no mês de novembro eu decidi abrir espaço no meu guarda roupa e pôr pra fora várias peças e até objetos que eu poderia vender. Além disso, no meio desse desapego você ainda consegue juntar itens para doação. Sabe aquela roupa que já não lhe serve mais? Aquela blusa que você tanto gostava, mas que agora já nem entra? Por que você não desapega logo? Inclusive existem vários sites populares onde você pode anunciar esse item como o Enjoei e o Mercado Livre.

2º JÁ PENSOU EM VENDER DOCES NA SUA ESCOLA / FACULDADE?

A segunda dica é uma que eu venho fazendo desde a metade de 2019. Em agosto desse ano, surgiu a opção de eu fazer docinhos e levar para a minha faculdade e tentar vender. Eu comecei comprando os materiais e preparando dois sabores: docinhos de coco e de chocolate. No início, eu levava duas opções para os clientes: docinhos pequenos no valor de R$0,50 centavos e também docinhos maiores no valor de R$1,00. Com o tempo, eu fui vendo que os docinhos menores não eram tão rentáveis para o meu objetivo, por isso acabei optando por levar apenas os maiores e vendê-los nesse valor de um real.  Você pode até achar que essa não é uma forma muito boa de conseguir juntar dinheiro, mas pensa comigo: o ramo de comidas é um dos que mais tem abertura em ambientes de colégios e universidades, pois todo estudante em algum momento sente que precisa de algo que adoce sua vida. E foi nessa linha de raciocínio que eu comecei a vender durante três dias na semana os docinhos que eu produzia com a ajuda da minha mãe. Você pode levar poucas unidades e tentar vender durante os intervalos de aula. Assim, você otimiza o seu tempo e também consegue juntar uma boa grana no final do mês.

3º JÁ PENSOU EM TRABALHAR COMO TRADUTOR DE TEXTOS?

Calma. A terceira dica é direcionada apenas as pessoas que tem conhecimento sobre uma língua estrangeira. Se você fala inglês, francês, espanhol etc. Você já pensou em trabalhar com tradução de textos? Óbvio que você precisa antes de tudo ter um determinado conhecimento sobre o idioma. Não vale usar os recursos disponibilizados na internet para tradução. Você precisa se sentir confortável e saber o que está fazendo, okay? Existem vários sites como o 99frelas que disponibilizam trabalhos para freelancers. Ta esperando o que? São várias categorias disponíveis no site. Quem sabe vocÊ não encontra a sua?

4º JÁ PENSOU EM TRABALHAR COMO DESIGNER GRÁFICO?

Cada vez mais as pessoas aprendem a mexer com edição de fotos. Você já pensou em trabalhar como designer gráfico? Existem vários sites, mas o que se destaca atualmente é o Canva , um site cheio de ferramentas para você criador de conteúdo e também para pessoas que querem fazer renda extra. Com esse site sensacional você pode oferecer para pessoas desde a criação de currículos profissionais até arte para stories para o Instagram. Você pode até pensar que não é uma maneira rentável de ganhar dinheiro, mas por acaso você já tentou?


Texto por Christian Moreira
Gostou das dicas? Quer compartilhar uma outra que não viu nessa matéria? Deixa aqui nos comentários.

POR QUE EU DECIDI ESTUDAR FRANCÊS?

quinta-feira, 16 de janeiro de 2020
Acervo pessoal


Cada um de nós possui vários sonhos. Um desses meus sonhos era aprender outros idiomas para o dia em que eu estivesse melhor financeiramente e pudesse fazer viagens. Esse dia ainda não chegou, mas sei que falta pouco. Muitas pessoas sonham em ter uma casa própria (ora ora, mais um dos meus sonhos), outros querem um carro ou até uma moto. Ou seja, cada um possui algo que lá no fundo deseja muito. Foi assim que minha paixão por língua estrangeira nasceu. Eu era um jovem tímido, acanhado e inseguro que tinha medo de dar um pio e alguém já se incomodar. Eu com os meus quatorze anos na época tinha muita dificuldade em entender inglês. Eu era péssimo nessa matéria. Até que no sexto ano do ensino fundamental eu quase fiquei de recuperação. A maioria dos estudantes já passou por isso porque afinal não somos nada perfeitos e isso que é interessante. Todo mundo tem uma paixão por humanas ou exatas e essa costuma ser a divisão mais comum entre os alunos antes dos grupinhos de sala de aula. Nesse perrengue de tentar conseguir passar de ano eu consegui ter algumas aulas particulares de inglês e por isso, consegui ser aprovado.

No ano seguinte eu fiz a promessa de que pelo menos tentaria entender a língua inglesa, que uma nota não iria me resumir. Foi no sétimo ano que descobri a minha paixão por estudar línguas estrangeiras e de uma das notas mais baixas da sala passei a ser um dos melhores alunos. Depois de muito esforço e de muita dedicação pois eu tinha medo de me abrir a possibilidades. Depois desses perrengues relacionados ao estudo do inglês, eu passei a enxergar o estudo de uma língua diferente como uma das minhas aliadas mais fortes, porque afinal de contas, nem todos conseguem ter essa afinidade com um novo idioma, e isso é que se tornou meu super adicional. Dando um super salto temporal, eu gostaria de falar sobre o ano de 2017 que na minha opinião foi essencial para eu tomar a decisão de estudar uma nova língua além do inglês.

Acervo pessoal 

Eu enfrentei a correria de estar fazendo o "terceirão", as inúmeras dúvidas relacionadas a qual rumo seguir da vida e para a virada de 2018 eu prometi que no ano seguinte eu iria começar a estudar uma nova cultura. No entanto, não pensem que comecei em 2018, na verdade, seguindo a tendência do ano anterior que eu estava atolado até a cabeça de pendências, decidi adiar um pouco essa meta. Até que no final desse ano tão corrido, recebi a notícia de que havia sido aprovado no curso de Letras Inglês na Universidade Estadual do Ceará foi aí que tudo mais uma vez mudou rapidamente. Na virada do ano passado, eu mais uma vez prometi que no ano seguinte iria pelo menos ter a coragem de me arriscar em algo novo e assim comecei a plantar a ideia de cursar o francês.

Eu sempre fui apaixonado pela cultura francesa, pelo idioma e por alguns motivos adicionais que me fizeram optar por esse curso. O francês é uma das línguas mais faladas pelo mundo (aprender francês significa aprender a compreender a diversidade cultural. Pois você pode não saber, mas o francês é falado em mais de 56 países no Norte e no Sul da América, Europa, Ásia e África) e como eu já cheguei a comentar, eu pretendo seguir carreira de jornalismo assim que concluir meu curso atual, por conta disso, na área em que quero me especializar daqui alguns anos eu preciso de uma quantidade mínima de línguas fluentes e por que esperar ainda mais se eu poderia começar aos 19 anos? Além de tudo isso, falar um segundo ou terceiro idioma é um super adicional para o seu currículo de trabalho. Por que você também não começa logo agora? Você tá esperando o que hein? No primeiro post desse ano compartilhei cinco dicas de como aprender um novo idioma em 2020. Vem comigo?

Me conta aqui nos comentários. Você fala um segundo idioma? Quer aprender? Quer ver mais desses conteúdos por aqui? me fala sua opinião. <3 p="">

COMO APRENDER UM NOVO IDIOMA EM 2020? (CINCO DICAS PARA TE AJUDAR)

segunda-feira, 13 de janeiro de 2020
Foto por Tatiane Gomes


Aprender um segundo idioma se tornou um super bônus pro currículo de todo mundo. Apesar desse aprendizado ser direcionado em sua maioria à carreira profissional, existem outras razões que levam as pessoas a buscarem uma outra língua: assim como depois de um término de relacionamento muitas pessoas decidem mudar o visual, algumas pessoas decidem aprender algo totalmente diferente, outras porque querem viajar pelo mundo, conhecer novas pessoas e culturas. No entanto, nem sempre é fácil deixar um pouco sua língua materna de lado e se arriscar numa língua totalmente diferente. Para a primeira matéria desse novo ano, eu decidi compartilhar cinco dicas de como sair da sua zona de conforto e aprender com mais facilidade um novo idioma. Essas dicas me ajudaram muito na época que eu estava tentando aprender inglês e vem me ajudando bastante com o meu aprendizado de francês. Bora nessa? Que tal começar 2020 de maneira produtiva?


1. Por que você quer aprender um novo idioma?

Sim, essa é a primeira dica. Todo mundo possui sonhos e metas. E por trás desses sonhos, existem motivos. Então, com o aprendizado de um novo idioma não poderia ser diferente. Por que você quer aprender um novo idioma? Antes de começar a se aventurar numa cultura e numa língua totalmente diferente, você precisa saber o que te motiva a fazer isso. Pega uma caneta e um papel e tenta responder a essa pergunta porque a sua resposta vai ser muito importante. Quer melhorar suas notas?Você terminou um namoro e em vez de mudar o visual resolveu conhecer outras culturas? Quer viajar pelo mundo? Está querendo aquela promoção no emprego, mas pra isso precisa falar mais de um idioma? Cada pessoa precisa responder de acordo com a sua necessidade. Qual a sua? Deixa aqui nos comentários.


2.  Que tal dar uma chance aos aplicativos de idiomas?

Todo mundo vive grudado ao seu celular, então por que não usar esse artifício ao seu favor? Eu sei que você já deve ter tentado baixar a maioria desses aplicativos de idiomas, mas sempre acabou esquecendo de treinar diariamente. Por isso mesmo, muitos aplicativos de ensino de outras línguas já oferecem a opção "alarme" dentro do menu. Ou seja, você consegue configurar o horário e até o tempo disponível para treinar todo dia. Quer que eu faça uma matéria indicando aplicativos grátis que te ajudam a estudar em casa outras línguas? Deixa aqui nos comentários.


3. Que tal começar estudando vinte minutos por dia?

Tá lembrado da dica anterior? De nada adianta você baixar os aplicativos se você não tiver a determinação e o foco de separar um tempinho diário pra se dedicar ao projeto de aprender um novo idioma, seja o inglês, o francês, o espanhol, o coreano etc. Que tal criar uma rotina diária de estudos? Calma! Não precisa ser rotina de vestibulando. Funciona basicamente assim: no primeiro dia, você separa vinte minutos para estudar. Seja analisando uma música na língua que você escolher, seja tentando traduzir um texto com a ajuda de um dicionário. O que importa é você tentar, okay? Vamos criar uma história rápida: digamos que eu queira aprender inglês. Na primeira semana eu vou precisar separar (no mínimo) vinte minutos para me dedicar exclusivamente ao idioma. Caso eu tenha um tempo maior disponível, eu posso aumentar de acordo com a minha rotina. O tempo vai aumentando com o decorrer das semanas. O importante é você não deixar essa meta de lado. Lembre-se que é melhor estudar um pouquinho todo dia, do que se encher de conteúdos e ficar cansado e desanimado. Porque afinal de contas, todos temos limites.


4. Já pensou em aprender enquanto se diverte?

Talvez para você que já estuda um segundo/ terceiro idioma não seja novidade, mas para aqueles que estão começando agora essa dica pode ser muito boa. Já pensou em aprender enquanto assiste filmes ou séries? Exatamente. Primeiro você precisa começar por filmes ou séries mais básicas, pois essas vão te ajudar a se manter motivado a continuar tentando entender o idioma desejado. Um bom exemplo de uma série para quem quer aprender inglês, é justamente a tão conhecida e amada "Friends". Você só precisa lembrar de toda vez que for assistir à um episódio de ativar o áudio na língua original e a legenda no idioma que você deseja aprender. Aprender um pouco de cada vez é melhor do que ficar esperando o dia em que você vai acordar e falando fluentemente, ou seja, vamos partir pra ação.

Vocês querem que eu faça uma matéria indicando filmes e séries para quem quer aprender inglês? É só deixar aqui nos comentários!

<3 p="">
<3 p="">5. Você já pensou em se inscrever em grupos de conversação?
<3 p="">

Outra dica bem interessante para aqueles que estão interessados em aprender um novo idioma é procurar grupos de conversação disponíveis na sua cidade. Primeiro deixa eu te explicar o que são e como funcionam esses tais “grupos”. É muito comum em universidades e em escolas de idiomas existirem encontros gratuitos onde os participantes debatem sobre determinados assuntos. Calma que você não vai debater a atual situação política do país em inglês. Na verdade, os temas são divulgados com antecedência e você ainda pode procurar grupos na sua cidade e os temas variam de acordo com o seu nível. O mais interessante dessa prática, é que além de aprender um novo idioma, você consegue melhorar a comunicação com outras pessoas e a sua confiança de falar uma outra língua na frente de estranhos. Se você for tímido(a) uma dica que eu posso compartilhar é ir até esses grupos de conversação pelo menos uma vez. Você não precisa falar logo no primeiro dia. Você pode analisar se o ambiente te deixa confortável, se você sente vontade de compartilhar o que você já sabe com outras pessoas. Ninguém nesse espaço pode te julgar, pois o objetivo é justamente trocar ideias, é procurar crescer em grupo. Só para finalizar, antes de tudo você precisa lembrar que o IMPORTANTE é tentar. Isso vai fazer você conquistar esse sonho.

Texto por Christian Moreira.
<3 p="">


O AMOR QUE ME PERDOE

quinta-feira, 5 de dezembro de 2019
Foto por Tatiane Gomes

O amor que me perdoe, mas eu decidi não tomar mais uma dose diária sua. Decidi não escrever mais os mesmo versos dedicados a você. O amor que me perdoe, mas hoje eu já não sou mais seu. Assim como eu nunca pertenci a você. O amor que me perdoe, mas hoje os meus planos são outros. Os meus medos mudaram e o meu corpo também. O amor que me perdoe, mas hoje eu já cansei de me perder pra tentar me encaixar em você só pra poder afirmar que tenho alguém. Eu sei que meu amor pra você era brinquedo. Que você usava quando sentia vontade e depois jogava fora. Eu sei que nosso amor girava em torno do segredo e sempre você acabava me deixando sozinho e plantado em busca de alguma atitude que hoje eu sei que não vem. Eu sei que eu não sou mais o mesmo, meu corpo mudou, minha mentalidade também. Já não sou mais brinquedo pra ser descartado por ninguém. 


Texto por Christian Moreira

Foto por Tatiane Gomes

ALGUÉM QUE VOCÊ AMOU UM DIA

terça-feira, 24 de setembro de 2019
Foto por Tatiane Gomes

A vida não para no momento em que seu coração é partido. É como se você estivesse tendo a chance de se abrir novamente pro mundo, de uma maneira menos idealizada e mais humana. Seus olhos param de enxergar apenas o lado bom das pessoas, seu corpo passa a se arrepiar com um simples toque familiar que pode te lembrar alguém. A vida não pode parar quando você se tranca no quarto e se joga na cama buscando refúgio nas cobertas, quando o travesseiro é seu companheiro de histórias e decepções, porque é a partir desse choro que o seu corpo encontra uma saída para toda essa tristeza reprimida. A vida não pode parar. A vida não foi feita para você parar no meio do caminho. Isso tudo só porque você deixará de ouvir um daqueles mais encantadores "eu te amo"?

Você quer que eu te mande a real? Você estava transformando essas três palavras em uma dose diária de vício, diferente de paixão, diferente da verdadeira intenção do termo "amor". Agora, depois de saber que o que você sentia não era amor e sim um vício, que tal aceitar que o tal garoto ou garota perfeita vai apenas te direcionar um gélido "não dá mais"? Sabe porquê? O que você alimentava por ele era apenas uma pílula que algum charlatão te prescreveu como amor. Mas antes de entrar no fundo do poço é essencial entender que a vida corre e você não pode parar, porque é como se a cada começo estivéssemos nos inscrevendo em uma maratona de inúmeros quilômetros. Dentro de uma competição os outros não te esperam, cada um quer chegar com sede ao pódio de chegada, assim como a vida. Ela não te espera, ela corre léguas no seu próprio tempo.

Quando você disse que não me amava mais eu me senti descartável, como se meu sentimento por você tivesse prazo de duração e eu fosse apenas mais um novo brinquedinho pronto para ser quebrado e jogado fora. Eu até me senti feito de papel, já que nos teus braços eu acabava sendo frágil e vulnerável, todos diziam que eu era maleável nas tuas mãos, porque era dentro do seu abraço que eu encontrava colo, refúgio e eu só sabia sentir gratidão. Era dentro do seu abraço que eu encontrava uma saída para essa minha constante realidade nublada. Sabe porquê? Era através dos teus beijos no meu rosto que sentia afeto. Através dos seus lábios percorrendo meu pescoço que eu me sentia vivo, pronto pra desfrutar do nosso querer. Pronto para deixar você desfrutar do meu corpo. Pronto para te deixar percorrer o meu estágio máximo do prazer, mas entenda meu bem, a vida não para, assim como o tempo que, na verdade, deve fluir. Assim como você foi embora da minha vida e tudo talvez tenha feito sentido. Talvez nem fosse pra ser. Talvez você nem mesmo quisesse me ter (do seu lado). Talvez os nossos corpos não fossem expressar a mais harmônica sinfonia, isso mesmo, a do prazer. A vida não para e aceitar que não vou mais te ter nos meus braços, pode ter certeza, dói, asfixia, me deixa na mais pura agonia. Mas como eu disse, meu caro leitor, a vida não pode parar e talvez seja hora de buscar um novo amor.

Assinado: alguém que você amou  jurou ter amado um dia

Texto por Christian Moreira
Foto por Tatiane Gomes

CINCO DICAS PARA QUEM QUER FAZER COMPRAS NA INTERNET

quarta-feira, 18 de setembro de 2019



Comprar pela internet se tornou um dos fenômenos mais comuns na sociedade. O que antigamente envolvia uma série de questões burocráticas se tornou de simples acesso e de fácil finalização. Com poucos cliques você consegue escolher o produto e já finalizar a compra. Como uma pessoa apaixonada por livros e eletrônicos eu sempre procuro as melhores opções. Mas será que você como consumidor faz boas escolhas na hora de comprar? Calma, não precisa ficar preocupado que tudo tem solução. Separei cinco dicas que todo consumidor deve seguir na hora de comprar pela internet.

1. NÃO COMPRE NO PRIMEIRO SITE

A primeira dica é uma das mais importantes. Não compre no primeiro site que você acessar. A internet é repleta de opções. Você como consumidor precisa procurar aquela que mais atende às suas necessidades. Procure no mínimo em três sites confiáveis. Faça anotações sobre diferenças de preços, tempo de entrega e qualidade do produto. Eu sei que pode até parecer mais trabalhoso, mas se você seguir essa dica, com toda certeza, você conseguirá um produto de maior qualidade e até conseguirá economizar grana.

2. QUE TAL UM DESCONTO, HEIN?



A segunda dica é uma das minhas favoritas. Que tal conseguir um bom desconto na hora de comprar? Eu decidi que vou contar um segredo pra vocês conseguirem pechinchar bastante, okay? Na hora de comprar todo mundo ama um cupom de desconto e comigo não seria diferente. Eu utilizo um site chamado Cupom Válido. Nele você consegue cupons de desconto ao comprar online. Basta você acessar o site [CUPOM VÁLIDO] e pesquisar a loja que mais te agradou, copiar o código do cupom de desconto e colar no seu carrinho. Além disso, você não precisa efetuar um cadastro no site para conseguir seu tão querido desconto. O site Cupom Válido, já foi até listado pela EXAME como um dos melhores sites de cupons online gratuitos. A empresa já conta com mais de 550 lojas online cadastradas e por isso é a minha favorita.

3. AVALIE A REPUTAÇÃO DA LOJA

Já procurou o site que mais te agrada e também já conseguiu o seu desconto? Ótimo. Agora você precisa avaliar a reputação da loja/fornecedor. Para isso, basta pesquisar no Google: Nome da empresa - reputação que provavelmente você terá acesso à inúmeras avaliações que já foram feitas por outros clientes. Bem fácil né?

4. NÃO CONFIE NOS SITES QUE ANUNCIAM PRODUTOS POR UM PREÇO MUITO BAIXO

É óbvio que ver um anúncio daquele notebook dos sonhos por metade do preço muitas vezes nos deixa com muita vontade de já sair comprando, mas será que o site é confiável? Para não cair num golpe dentro da internet, você precisa pesquisar sem medo de ser feliz. O Google na hora de comprar pode ser o seu maior companheiro. Nele você encontra os melhores preços, as avaliações de outros clientes, o prazo de entrega, a qualidade do produto. Muitas vezes, alguns sites colocam preços lá embaixo para atrair a atenção do cliente e na hora de receber o tão sonhado produto, você acaba frustado e é justamente isso que estamos tentando evitar por aqui, certo?

5. TENHA METAS DE COMPRA




Antes de comprar algo pela internet eu sempre deixo anotado produtos que eu preciso comprar e também produtos que eu gostaria de comprar. Meio confuso? Deixa eu te explicar melhor. Sempre temos esse embate na hora das compras. Será que eu preciso mesmo disso ou estou apenas gastando dinheiro? É exatamente sobre isso que estou falando. Na foto a seguir, vocês podem ver melhor essa dica na prática. Eu anoto de um lado o que eu quero (want) e do outro o que eu preciso (need). Eu utilizo essa lista no meu Bullet Journal, pois levo na mochila e se torna mais prático e acessível para qualquer momento que eu quiser adicionar algum produto. Se vocês quiserem, posso falar um pouco mais sobre isso por aqui ou pelo meu Instagram (O menino dos Sonhos).

Gostou da matéria? Manda pra um amigo que ta precisando dessas dicas e já se inscreve no meu mundo pra fazer parte de tudo isso.

Ô GAROTA

segunda-feira, 16 de setembro de 2019
Modelo: Nara Rubia / Foto por Tatiane Gomes


Bota esse coração pra jogo e queima qualquer vestígio de presença dolorosa. Ô garota, você é muito preciosa para deixar de se sentir amada por causa de uma paixão indesejada. Põe um sorriso no rosto e não deixa ser despejada do teu próprio coração. Sei que você anda cravejada por tantos amores pela metade e pessoas mimadas. Sei que você anda indecisa sobre o que deve fazer da vida: se entregar totalmente a algo incompleto ou correr em busca do que faz teu coração bater mais forte. Agora me escuta, leia em voz alta: você não pode se entregar à paixões que não venham te transbordar. Você quer saber a melhor parte? Você já é completa e repleta do mais puro amor próprio antes de tudo. Ô garota, teu sorriso pode mudar o dia de alguém, encher as manhãs com a luz do sol e energia e trazer a mais pura sensação do bem. Só basta antes de tudo você colocar nesse coração, a certeza de que tudo tem seu tempo e razão e claro, tudo vai ficar bem.

Texto por Christian Moreira.
Modelo: Nara Rubia / Foto por Tatiane Gomes